Solidão

‎"I know that there are millions, I can't be the only one who's so disconnected. It's so different in my head. Can anybody tell me why I'm lonely like a satellite? 

'Cause tonight I'm feeling like an astronaut sending SOS from this tiny box. And I lost all signal when I lifted off, now I'm stuck out here and the world forgot.

Can I please come down, cause I'm tired of drifting round and round. Can I please come down?" SP.

1 Críticas e Sonhos:

Palavras tão precisas quanto as flechas de um habilidoso arqueiro. É uma experiência quase alucinógena viver assim, longe da realidade coletiva, das convenções, das perturbações que permeiam o escuro de nossos pensamentos. Constantemente me vejo sozinho vagando no espaço, exatamente como um satélite, sem que ninguém compreenda minha órbita. É de certa forma reconfortante ler um blog como esse, bom saber que há "loucos sonhadores" por aí, somos uma espécie de poucos exemplares, sem narcisismos latentes. Já diria um sábio escritor, "ocupar-se de viver ou ocupar-se de morrer", conclusão, ocupar-se de sonhar.